quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

de manha de natal

sinto a cabeça cair pra traz nas costas na bunda nas coxas nas batatas no calcanhar no chao. sinto o corpo deitar pra frente espirrando num tombo maduro. vejo do chao o corpo bater contra a calçada. vejo uma sombra levantar-me a cabeça depois o corpo e colocar-me na posiçao certa.
sinto a cabeça cair pra frente rolar no peito na barriga nas coxas nos joelhos nas canelas nos pes. vejo do chao meu corpo espirrar pra traz num tombo maduro.
sinto a altura aumentar e a distancia que me leva do corpo. vejo alguem levar meu corpo. sinto no topo a leveza que caio. espirro num tombo maduro. sombra escuro.

3 comentários:

: disse...

uns 7776000.
later na verificação de palavras.

: disse...

é problema risco solução.
later é mais tarde, ou deveria ser.

mas ainda tem o carcereiro Odair, de calça listrada e tudo.

: disse...
Este comentário foi removido pelo autor.